Links between Brazil & Ireland                                                                                                                                                                                                                    www.visiteirlanda.com                                                                                                       

 

 

 

BLOOMSDAY no Brasil, 2008 e Dublin

 

9 cidades: Belo Horizonte - MG; Curitiba - PR; Florianópolis- SC; Natal - RN; Rio de Janeiro - RJ; São Paulo - SP; Salvador - BA; Santa Cruz do Sul – RS & Santa Maria - RS.

 

 

 

 

 

 

Belo Horizonte, MG

http://www.oficcinamultimedia.com.br/programacaobloom.htm

 


O Bloomsday é uma data festiva, que o mundo inteiro comemora, dedicada ao escritor irlandês James Joyce cuja obra literária revolucionou a literatura moderna. A data (sempre 16 de junho) refere-se ao dia em que Joyce teve um encontro especial com sua mulher, Nora Barnacle. Este encontro norteou de forma "epifânica" o romance Ulisses (1922), protagonizado pelo personagem Leopold Bloom, do qual se extraiu o nome do evento, Bloomsday.  "As comemorações do Bloomsday em BH tem como objetivo referenciar um autor cuja obra foi marcada pela ousadia e pela fidelidade a um caráter de permanente experimentação. A obra de Joyce confirma nas artes o espaço para uma constante e saudável renovação". Ione de Medeiros.  (diretora do Grupo Oficcina  Multimedia)

 

VIDEOS

- Vídeos relacionados ao Bloomsday produzidos pelo Grupo Oficcina Multimédia

- Sound (1966) John Cage and Roland Kirk  Dir. Dick Fontaine. USA. Legendas em francês.

- Film (1966)  roteiro de Samuel Beckett. Dir. Alan Schneider.  USA. 20 min  P&B. Mudo.


- Passages from Finnegans Wake (1966), Dir. Mary Ellen Bute.
b&w, 97 min.
USA . Legendas em inglês. (Locações em Dublin, Irlanda)

- Leitura sonora com Grupo Marimbondo.

Local: Escola Guignard -  16 de junho, segunda, às 17h00. Entrada franca
Rua Ascânio Burlamarque, 540 Mangabeiras - Belo Horizonte


FESTA BLOOMS  NIGHT

Djs James & Joyce

Performance Ménage à trois: Miss Lappin & Mister Troisan

Look Bloom: Prêmios para os 10 looks mais criativos e casal mais elegante!

Hottess : Miss Bloom Bumm

Local: Velvet Club - 14 de junho, sábado, a partir das 22h00
Rua Sergipe, 1493 - Savassi - Belo Horizonte - www.velvetclub.com.br

Produção: Coelho e Xicovski.  Apoio:

Grupo Oficcina Multimédia; Escola Guignard - UEMG; Cineclube subterrâneos; Velvet Club

 

 

 

Curitiba, PR

http://www.descubracuritiba.com.br/?s=noticias&ss=noticia&id=1738

 

 

Todo dia 16 de junho acontece na Irlanda o Bloomsday ou “Dia de Bloom”. Nesta data, admiradores do escritor James Joyce (1882-1941) oriundos de todas as partes do mundo saem pelas ruas de Dublin para percorrer o mesmo caminho feito por Leopold Bloom, protagonista do livro “Ulisses” - obra mais importante do autor e que se tornou um dos grandes clássicos da literatura mundial.

E novamente para comemorar a data, a Livrarias Curitiba realiza um evento especial, dentro do Ciclo de Literatura, que terá duas atividades conjuntas e que vai acontecer na loja do Shopping Curitiba (rua Brigadeiro Franco, 2300, piso L1, loja 126, Batel, tel. 41-3330-5000 / 3330-5183) na próxima segunda-feira (16/06), a partir das 19h30, com entrada franca.

A primeira atração é a palestra intitulada “Ulisses – A Obra Prima de James Joyce” ministrada pelo professor de literatura e coordenador do curso de letras da Universidade Federal do Paraná, Caetano Galindo. Em seguida, o ator Marcel Gritten – ganhador do prêmio Gralha Azul de Ator Revelação do Festival de Teatro de Curitiba 2006 - realiza uma leitura dramatizada de trechos do romance com a utilização de recursos cênicos.

Outra boa notícia é que a empresa já recebeu os exemplares da nova edição de Ulisses, agora editado pelo selo Alfaguara, com nova capa e 912 páginas, e que está à disposição do público ao valor promocional de R$ 75,50 até o fim de junho.

Temática: Um dos maiores especialistas brasileiros na obra joyceana, Galindo falará sobre o contexto histórico que envolve o livro e as particularidades que o tornaram um dos títulos mais inventivos e revolucionários da literatura mundial. “O objetivo da palestra é facilitar a compreensão da obra e ressaltar os pontos que às vezes passam despercebidos pelos leigos”, explica. “Da mesma forma, pretendo decifrar as emoções que estão escondidas nas palavras escritas por James Joyce e levá-las de forma coerente ao público”, completa Gritten.

A Livrarias Curitiba comemora o Bloomsday há mais de sete anos e foi a primeira livraria da cidade a celebrar a data. “Estamos sempre preocupados em promover encontros onde as pessoas possam discutir a respeito de grandes autores da literatura e suas obras. Nada melhor do que comemorar esse dia com um evento dentro de uma livraria” diz Adriane Pasa, gerente de marketing do grupo.

O livro: O romance joyceano narra as andanças do personagem Leopold Bloom por Dublin, durante as 24 horas do dia 16 de junho de 1904. Judeu cristianizado que vive da venda de anúncios publicitários em jornais, Bloom sai de casa para ir a um enterro e acaba percorrendo toda a cidade até encontrar com outros protagonistas como sua esposa Molly e o jovem poeta intelectual Stephen Dedalus. à primeira vista banal, a história se torna atraente devido aos inúmeros recursos lingüísticos empregados pelo autor.

Mesmo com tantos participantes mundo afora, há controvérsias sobre quando o Bloomsday começou a ser de fato comemorado. Alguns especialistas indicam 1925, três anos após o lançamento do livro. Outros, que foi nos anos 40, logo após a morte de James Joyce, enquanto a hipótese mais aceita indica que foi em 1954, data do qüinquagésimo aniversário do dia retratado em “Ulisses”.

Independente da discussão, hoje o Bloomsday é uma efeméride inserida no calendário cultural de vários países que não se restringe ao círculo de leitores que vasculham as mais de 900 páginas da obra.
 
Serviço: Palestra “Ulisses – A Obra Prima de James Joyce” ministrada por Caetano Galindo e leitura dramatizada de trechos do romance com a presença do ator Marcel Gritten.  Data: 16 de junho (segunda-feira), a partir das 19h30. Local: Livrarias Curitiba Megastore do Shopping Curitiba (Rua Brigadeiro Franco, 2300, piso L1, loja 126, Batel. Tel. (41) 3330-5000 / 3330-5183).  Preço: Entrada franca.

 

 

 

Florianópolis, SC

http://www.cronopios.com.br/site/noticias.asp?id=3308

 

 

O Bloomsday, o Dia de Bloom, homenageia o escritor irlandês James Joyce e, por extensão, a arte moderna e contemporânea, pois consiste num evento cultural no qual literatura, teatro, música, artes visuais etc. dialogam livremente. O Dia de Bloom é comemorado em várias cidades do mundo e do Brasil, sempre no dia 16 de junho, relembrando a data em que o senhor Bloom, o “herói” contemporâneo, perambulou durante várias horas pela cidade de Dublin, símbolo do nosso cosmo, no romance Ulisses. Em Florianópolis, o evento já acontece há seis anos, sob a coordenação de Sérgio Medeiros e Dirce Waltrick do Amarante, ambos membros do Nelool (UFSC). Desde 2007, o crítico e escritor Victor da Rosa integra a equipe que organiza o evento.

 

No dia 16 de junho, o Bloomsday de Florianópolis celebrará o “corpo” humano e/ou inumano, pois “O homem é o corpo, absolutamente, ou não será nada” (Nancy). No romance Ulisses, o senhor Bloom se expõe e se exila, é o corpo “sem pés nem cabeça” (aphalle et acéphale) de que fala o filósofo Jean-Luc Nancy, o corpo estrangeiro do estrangeiro (Bloom é um judeu irlandês), pois o corpo é o estrangeiro, é expropriado, o corpo espaça-se, o corpo expele-se, de igual modo.

 

O romance Ulisses dará seu sangue e seus órgãos ao Bloomsday de 2008, mas também o romance Finnegans Wake contribuirá com sua pele e sua alma. Assim, as duas grandes obras de Joyce serão homenageadas e evocarão juntas “o corpo 100 órgãos” da cosmologia joyciana.

 

A seguir, a programação oficial do Bloomsday 2008, que acontecerá no dia 16 de junho, segunda-feira, às 19 horas, no Centro Cultural Arquipélago, Rua Idalina Pereira dos Santos, 81, Agronômica (perto do CIC), Florianópolis.

 

PRIMEIRA PARTE: PELE E ALMA

 

  Abertura, por Sérgio Medeiros

. A pele e o esqueleto: instalações, por Fernando Lindote e Camila Barbosa

. Reescritura de Ulisses e de Finnegans Wake, obra coletiva (com a participação de todos os presentes)

. O cemitério: leitura de trecho de Ulisses referente ao cérebro, por Fábio Corrêa

.Leitura de trechos da obra de Ana Hatherly, “Joyciana: Anaviva e Plurilida – 23 variações sobre fragmentos de Finnegans Wake de James Joyce”, por Dirce Waltrick do Amarante e Alai Garcia Diniz.

 

SEGUNDA PARTE: SANGUE E ÓRGÃOS

 

. Sangue: improvisações no piano, por Diogo de Haro

. Coração e pulmão: leitura de um conto de Silveira de Souza, pelo autor, e leitura de uma fábula do escritor mexicano Juan José Arreola, por Byron Vélez

. As ruas: leitura de um trecho de Ulisses referente ao sangue, por Alai Garcia Diniz, e de um trecho de Corpus, de Jean-Luc Nancy, por Victor da Rosa

. Confraternização e encerramento com variedades de cervejas e um leilão de performances do Grupo ERRO.

 

Apoio: Centro Cultural Arquipélago e o site de arte e cultura www.centopeia.net

 

 

 

Natal, RN

http://www.jornaldehoje.com.br/novo/navegacao/ver_noticias.php?id_ce=5033

 

 

Universidade Federal do Rio Grande Norte comemora o dia com programação cultural

 

O Departamento de Letras e o Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem/Núcleo de Estudos Barrocos, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte comemora com programação cultural no próximo dia 16 o Bloomsday - o Dia do Juízo Final. Segundo o professor Francisco Ivan da Silva, idealizador da celebração, o Bloomsday é um feriado comemorado em 16 de junho na Irlanda em homenagem ao livro Ulisses, de James Joyce. É o único feriado em todo o mundo dedicado a um livro.
O Bloomsday relata a odisséia do personagem Leopold Bloom, que durante 16 horas, de um único dia, 16 de junho de 1904, viveu uma intensa jornada de acontecimentos, atravessa diversas experiências, venceu obstáculos, experimentou sensações completamente distintas (foi amado, rejeitado, humilhado, ignorado, reabilitado e novamente amado com direito a café na cama com dois ovos) e refletiu profundamente sobre a própria vida, considerado um dos marcos da literatura contemporânea ocidental.
Hoje o Bloomsday é festejado no calendário cultural de vários países os amantes da literatura e os muitos admiradores das 900 páginas da obra Ulisses reúnem-se para ler e discutir a James Joyce e o Ulisses.
A história conta que o escritor irlandês James Joyce escolheu o dia 16 de junho para ser imortalizado em sua obra porque foi nesse dia em que fez sexo pela primeira vez com sua futura companheira Nora Barnacle, à época uma jovem virgem de vinte anos, apesar de a imprensa irlandesa publicar que nesse dia eles "caminharam juntos" pela primeira vez.
James Joyce é considerado um dos autores de maior relevância do século XX, ele experimentou vários estilos literários. Publicou uma peça de teatro, Exiles; um livro de contos, Dublinenses; duas séries de poemas, coletados em Chamber Music e em Pomes Penyeach; uma curta novela autobiográfica, Giacomo Joyce; e três romances densos e seminais: Retrato do artista quando jovem, Ulisses (James Joyce) e Finnegans Wake. Há certa controvérsia sobre quando o Bloomsday começou a ser de fato comemorado. Alguns especialistas indicam 1925, três anos após o lançamento do livro, outros que foi na década de 1940, logo após a morte de James Joyce, enquanto a hipótese mais aceita indica que foi em 1954, na data do quinquagésimo aniversário do dia retratado em Ulisses.

O Bloomsday 2008 em Natal será festejado com uma programação que começa às 9h, no hall da Biblioteca Central Zila Mamede (Caixa Postal 1524 - Campus Universitário Lagoa Nova) com uma exposição de objetos artísticos e bibliográficos e outros documentos relacionados ao Bloomsday. Às 15h será apresentado o vídeo “O Retrato do Artista”, produzido por J. Medeiros e Justino Neto, e o filme “Bloom – toda uma vida em um único dia”, uma adaptação da obra “Ulisses” produzida em 2003 e dirigida por Sean Walsh. Poeta, ensaísta e tradutor, o professor Décio Pignatari encerrará a programação do Bloomsday ministrando uma conferência às 19h30, no auditório da BCZM, sobre o tema “Bloomsday/Doomsday: O Dia do Juízo Final de James Joyce”. Após a conferência haverá lançamento dos livros - Thalassam, de Francisco Ivan; e Antologia Poética de Tradutores Norte-rio-grandenses, de Nelson Patriota. Será lançada também a revista Bando: Edição Especial em homenagem a Nísia Floresta. Tel. 3215-3581.

 

Clipping: http://www.nominuto.com/cultura/confira_a_programacao_do_bloomsday_na_ufrn/21824/

 

 

 

Rio de Janeiro, RJ

http://www.escolaletrafreudiana.com.br/UserFiles/110/File/Bloomsday_2008.pdf

 

 

 

1) Com Profa. Emérita Bernardina Pinheiro - O ator Roberto Lobo fará a leitura de um trecho de O Retrato e outro de Ulisses, ambos sobre respectivamente a teoria literária de Stephen Dedalus no primeiro, e a teoria louca sobre Shakespeare, no segundo. Endereço: Escola Letra Freudiana, Rua Barão de Jaguaripe, 231 - Ipanema.  t. (21) 2522-3877  e. escola@letrafreudiana.com.br   w. www.letrafreudiana.com.br 

 

2) PONTE DE VERSOS e LIVRARIA DA CONDE convidam para a homenagem a JAMES JOYCE no Bloomsday segunda, 16/06/2008 a partir das 20h30 com leituras de poemas de JJ e trechos de Ulysses por poetas convidados entre eles  Pedro Lage, Rita Moutinho; Paulo Cesar Oliveira, Cristina Terra; Regina Vieira, Adriana Monteiro de Barros; Igor Cotrim, Tavinho Paes; João José de Melo Franco. Juliana Hollanda; Marcelo Nietzsche, Eduardo Tornaghi.  Edeeço: Rua Conde de Bernadotte, 26 lj. 125 – Lounge, Leblon. Traga seu poema para a sobremesa. Escolha seu poema de Joyce e traga para ler incluindo a saideira.

 

 

 

São Paulo, SP

http://www.cronopios.com.br/site/noticias.asp?id=3313

 

 

Em 2008, o Bloomsday paulistano, evento que celebra anualmente a obra do escritor irlandês James Joyce - criado em 1988 por Haroldo de Campos e organizado, hoje, por Marcelo Tápia e Ivan de Campos - chega à sua 21ª edição, com uma programação especial que incluirá dois dias de atividades na Casa das Rosas - Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura, e a tradicional comemoração literário-musical no Finnegan´s Pub. Durante os dias 14 e 15 de junho (sábado e domingo), a Casa das Rosas abrigará uma série de palestras sobre a obra de Joyce, bem como apresentações musicais e leituras dramáticas, além de uma atividade com crianças.  No dia 16 de junho (o Bloomsday propriamente dito), a comemoração no Finnegan´s Pub focalizará o episódio “Éolo” do romance Ulisses, de Joyce, com leitura de fragmento no original (incluindo-se audição de leitura gravada pelo próprio Joyce), em português e em outras línguas. As ressonâncias da obra de Joyce na literatura brasileira também serão tema da comemoração, com leituras de textos de Haroldo de Campos, João Guimarães Rosa, Oswald de Andrade, Mário de Andrade, João Ubaldo Ribeiro, Paulo Leminski e Clarice Lispector. Haverá, ainda, apresentações musicais.

Como nos anos anteriores, será oferecida aos presentes uma edição comemorativa do Bloomsday 2008, publicada pela Editora Olavobrás. E será entregue o “Prêmio Jameson Irish Whiskey” a três personalidades que têm colaborado para a difusão da cultura irlandesa no Brasil. (Veja programa completo a seguir.)

 

Programação na Casa das Rosas - Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura. Endereço: Av. Paulista, 37. Tel. (11) 3285 6986.  W. http://www.apaacultural.org.br/casadasrosas/

 

Dia 14, sábado

10h00 - Abertura:

- “Joyce no Espaço Haroldo de Campos”, por Frederico Barbosa.

- Canção “Bid adieu to girlish days”, de James Joyce, apresentada por Marcelo Tápia (voz) e Daniel Tápia (violão).

10h30 às 12h30: Dublinenses e Retrato do artista quando jovem: abordagem das obras e leitura comentada de fragmentos, por Marcelo Tápia.

14h00 às 15h30: Palestra sobre o romance Ulisses, por Caetano Waldrigues Galindo (UFPR). Coffee-break

16h00: Concerto de violão solo, por Matheus Motta.

16h30 às 18h30: Mesa-redonda: “Joyce em português”. Com Maria Tereza Quirino (USP), Caetano Galindo (autor de tradução inédita de Ulisses - UFPR)

          e Afonso Teixeira Filho (tradutor do primeiro capítulo de   Finnegans wake – USP). Mediação: Aurora Bernardini (USP). Coffee-break

19h00: Leitura dramática de fragmentos do romance Ulisses (em tradução de Caetano Galindo), pelos atores Alessandra Moura Velho e Antônio Salvador.

19h30h às 20h30: Apresentação de música irlandesa tradicional: Grupo Irish Dreams (Cíntia Scola, Daniel Tápia, Marcelo Tápia e Sílvia Zambon).

 

Dia 15, domingo

10h00 às 12h30: Joyce para crianças:

- “Abertura musical para Finnício Riovém” - composição de Daniel Tápia.

- Jogo de invenção de palavras baseados na obra Finício Riovém, de Donaldo Schüller (adaptação para crianças da obra Finnegans wake, de Joyce), e leitura de fragmentos iniciais do livro: “O menino que inventava palavras” e “De como Set pintou o sete”.

- Apresentação do vídeo “O gato e diabo”, de Dirce Waltrick do Amarante, baseado em conto infantil de James Joyce.

- Apresentação do livro Contos tradicionais irlandeses, de Cyana Leahy, pela autora, seguida de sessão de autógrafos.

15h00 às 15h50: Exibição do filme de George Morrison Dublin Day – A Joycean Celebration of the City (2007). Em inglês, sem legendas.

16h00: Apresentação de música contemporânea para clarinete solo, por Daniel Oliveira.

16h30: Apresentação de música para uilleann pipe (gaita-de-foles tradicional irlandesa), por Alex Navar. Coffee-break

17h30 às 19h00: Palestra sobre o romance Finnegans Wake, por Donaldo Schüller (UFRGS).

 19h10 às 20h30:

- Comentários sobre Exilados, de Joyce, por Alípio Correia de Franca Neto.

- Leitura dramática:

Exilados (fragmentos), de James Joyce, em tradução de Alípio C. de Franca Neto, com Lígia Cortez, Jonas Melo e Milton Andrade.

20h30: Coquetel de encerramento da programação na Casa das Rosas.

 

Programação no Finnegan´s Pub - Endereço: Rua Cristiano Viana, 358. Tel. (11) 3062-3232.

Dia 16, segunda-feira 

19h30 às 22h00: Celebração do 21º Bloomsday em São Paulo. Apresentação: Marcelo Tápia.

 

Abertura:

- Música irlandesa tradicional, pelo grupo Irish Dreams (Cíntia Scola, Daniel Tápia, Marcelo Tápia e Silvia Zambon).

- Leitura do poema “The holy office” (“O santo ofício”), de Joyce, em tradução de Alípio Correia Franca Neto, em inglês (por John Milton) e em português (pelo tradutor).

 

1ª parte: Ulisses - Tema: episódio “Éolo”.

Breve comentário sobre o episódio, por Marcelo Tápia.

Comentário sobre o fragmento a ser lido, por Maria Tereza Quirino. Audição de fragmento do romance Ulysses, de Joyce, em gravação do próprio autor. Leitura em inglês (por John Milton) e em tradução para o hebraico (por Pérola Wajnsztejn) e para o português (traduções de Antonio Houaiss, de Bernardina Pinheiro e de Caetano Galindo), por Yun Jung Im, Cecilia Furquim Marinho e Maria Tereza Quirino.

Apresentação musical: Bruno Maia e banda.

 

2ª parte: “Ressonâncias da obra de James Joyce na literatura brasileira”.

Comentário introdutório: Aurora Bernardini.

Leitura de fragmentos de:

Galáxias, de Haroldo de Campos - por Ivan de Campos.

“Antologia”, de Oswald de Andrade - por Lucia Santaella.

Macunaíma, de Mário de Andrade - por Frederico Barbosa.

Meu tio o Iauaretê”, de João Guimarães Rosa - por Lucio Agra.

Frasca”, de Décio Pignatari - por Claudio Daniel.

Catatau, de Paulo Leminski - por Ivan de Campos.

Viva o povo brasileiro, de João Ubaldo Ribeiro - por Marcelo Tápia.

Uma aprendizagem ou o livro dos prazeres, de Clarice Lispector - por Alice Ruiz.

 

Entrega do “Prêmio Jameson Irish Whiskey” a divulgadores da cultura irlandesa no Brasil.

 

3ª parte: Apresentações lítero-musicais 

- Lucila Tragtenberg: fragmentos de Qohélet (em tradução de Haroldo de Campos; acompanhamento instrumental de Livio Tragtenberg).

- Cid Campos: fragmento inicial de Finnegan´s wake (em tradução de Augusto de Campos), com acompanhamento de viola.

- Edvaldo Santana: canções.

Encerramento: Apresentação do grupo Marsicano Sitar Experience - com Alberto Marsicano (cítara), Fernando Del Vecchio (baixo acústico) e Lucio Agra (bateria) - acompanhado de leitura de fragmentos de Ulisses, por John Milton.

Observações: Durante o evento serão distribuídos gratuitamente exemplares de uma edição comemorativa. Serão oferecidas, gratuitamente, doses de degustação de Jameson Irish Whiskey.

 

Blog: http://brunogarschagen.com/2008/06/17/bloomsday-proce-tambem/    Clipping: http://guia.folha.com.br/passeios/ult10050u412179.shtml

 

 

 

Salvador, BA

http://www.bahiacultural.com.br/Template.asp?nivel=00010012&identidade=39&evento=2406&idioma=1&Categoria=65

 

 

O Grupo Oficcina Multimédia comemora o Bloomsday com o lançamento do livro "Grupo Oficcina Multimédia - 30 anos de integração das artes no teatro", com autoria de Ione de Medeiros.

 

Endereço: Café Cultural, localizado nas dependências do Teatro Vila Velha. Av. 7 Setembro., 4006-0000 Salvador - BA. Tel. (71) 3336-1384. E. http://www.teatrovilavelha.com.br/

 

 

 

Santa Cruz do Sul, RS

http://www.gazetadosul.com.br/default.php?arquivo=_noticia.php&intIdConteudo=97038&intIdEdicao=1499

 

 

A escritora Moina Fairon Rech chamou os amigos na tarde da segunda-feira para celebrar o escritor James Joyce, autor do célebre romance Ulisses, na Iluminura, oferecendo a deliciosa torta que ela preparou e que ganhou o nome de Bloomsday Cake.

 

 

 

Santa Maria, RS

http://amseverino.sites.uol.com.br/bloomsday.html

 

 

A CESMA, Cooperativa dos Estudantes de Santa Maria, orgulhosamente comemorando 30 anos

e PONTO DE CINEMA, o bar onde todo mundo se encontra, comemorando 17 anos de boa cerveja e bom papo

convidam você para comemorar o Bloomsday Santa Maria 2008.

 

BLOOMSDAY PONTO 2008 [PROGRAMA]

"Bloomsday: the day on which James Joyce's masterpiece Ulysses is set"

Café da CESMA - Centro Cultural Cesma

Rua Professor Braga, 55 - Centro - Santa Maria / RS

0xx55 3221.9165 - http://www.cesma.com.br

Ponto de Cinema Bar

Rua Ângelo Uglione, 1567 – Centro – Santa Maria / RS

0xx55 3221.8800 - http://www.pontodecinema.com.br/bloomsday_2008.html

 

16 de junho de 2008 (segunda-feira)

 

14:30 - Telemaquia (abertura, história, apresentação, homenagem, invocação)

LocaL: Café da CESMA no Centro Cultural CESMA

Abertura: Bloomsday Santa Maria, ano XV: Leitura das efemérides

Curta História: Ponto de Cinema Bar (17 anos) e CESMA (30 anos)

Bloomsday (1904 - 2008) 104 anos de paixão: Nora Barnacle & James Joyce

 

17:30 - Odisséia (leituras durante caminhada pelas ruas da cidade, lendo Ulysses, claro)

Local: Ruas da sesquicentenária Santa Maria (1858 – 2008)

Leituras comparativas de trechos do Ulysses em Português [Capítulo 10: Rochas Serpeantes]

tradução de Antônio Houaiss, Editora Civilização Brasileira

tradução de Bernardina Pinheiro, Editora Objetiva

tradução de João Palma-Ferreira, Editora Livros do Brasil

 

18:30 - Nostos (leituras de vários Ulysses, múltiplos Joyce e poesia contemporâneas)

Local: BAR Ponto de Cinema

Leituras comparativas de trechos do Ulysses em Português, Inglês, Francês, Italiano, Espanhol, Catalão, Russo, Alemão.

Leituras de trechos de outra boa prosa e boa poesia

 

21:00 - Encerramento: O Ponto de Cinema pede passagem...

Participe você também: Todos estão convidados a ler trechos do Ulysses e de outros livros de James Joyce.

 

O Bloomsday é uma festa literária. Ela homenageia o escritor irlandês James Joyce e seu livro "Ulysses", publicado em 1922. O Bloomsday é comemorado todos os anos em muitos lugares do mundo e consequentemente em muitas e variadas línguas. O elo comum entre os muitos dedicados entusiastas e simpatizantes envolvidos nestas comemorações é o esforço por relembrar os acontecimentos das aproximadamente 18 horas vividas pelos personagens do "Ulysses" no dia 16 de junho de 1904.

 

Bibliografia básica de James Joyce: Ulisses [Ulysses] Traduzido por Antônio Houaiss, Editora Civilização Brasileira; Dublinenses [Dubliners] Traduzido por Hamilton Trevisan, Editora Civilização Brasileira; Exilados [Exiles] Traduzido por Alípio de Franca Neto, Editora Iluminuras; Finnicius Revém [Finnegans Wake] Adaptado por Donaldo Schüler, Editora Ateliê; Gato e o diabo [The Cat and the Devil] Traduzido por Antônio Houaiss, Editora Record; Música de câmara [Chamber Music] Traduzido por Alípio C. Franca Neto, Editora Iluminuras; Poemas, um tostão cada [Pomes Penyeach] Traduzido por Marcelo Tápia, Editora Olavobrás; Retrato do artista quando jovem [A Portrait] Trad. José Geraldo Vieira, Ed. Civilização Brasileira. Biografia: James Joyce [James Joyce], Richard Ellmann, Editora Globo.

 

BLOOMSDAY SANTA MARIA – 2008 /  CESMA - 30 anos / PONTO DE CINEMA - 17 anos  / XV Bloomsday Santa Maria

Organização: Aguinaldo Medici Severino [ http://amseverino.sites.uol.com.br/bloomsday ] bloomsday.santamaria@gmail.com

 

 

 

Dublin

http://jamesjoyce.ie/detail.asp?ID=109 


MOLLY BLOOM From James Joyce’s “Ulysses” Paris 1922
Produced in association with Big Hand Little Hand Productions Starring Eilin O'Dea as Molly Bloom. Directed by Liam Carney/Patrick J. Byrnes

Molly Bloom's soliloquy at the end of the James Joyce's Ulysses is recognised as one of the most famous female narratives in modern literature. It has been used as the basis of songs, re-appeared in movies, quoted in other literary works and in terms of its effect on Irish culture was, as the award-winning writer Eavan Boland puts it, "a liberating signpost to this country's future". Sensuous, compelling and at times hugely funny, this soliloquy is the only time in Joyce's seminal novel where Molly's voice is heard. In it, we hear the otherwise silent character bear her soul on life, love, sex and loneliness.
“Absolute Artistic Genius” USA Weekly News
Date: 9th June – 21st June, 2008. Time: 8.00pm nightly, matinee Saturdays 3.00pm. Venue: Smock Alley Studio, Essex Street, Temple Bar. Tickets: €15 / €12 conc.
Booking: Required. Contact James Joyce Centre: 01 878 8547. Running time: 90 minutes

BARRY McGOVERN 'Among the deepening shades': an approach to reading 'Hades'
Barry McGovern offers a very special talk focused on a single episode of Joyce's Ulysses. Known as 'Hades', the sixth episode follows Leopold Bloom as he attends the funeral of Paddy Dignam in Glasnevin Cemetery, late in the morning of 16 June 1904. Join us as we journey into the world of the dead with Barry McGovern as our guide ... like Bloom himself, you will surely discover that there is "Plenty to see and hear and feel yet" when it comes to Joyce's epic of the everyday.
Date: 11th June 2008. Time: 1.00pm. Venue: Dublin Writers Museum, Parnell Square. Tickets: Free event. Booking: None required; limited seating

15th MESSENGER BIKE RALLY & LUNCH in association with Shaws
Start: Wolfe Tone Statue on the north- east corner of St. Stephens Green.
This year’s Bloomsday Messenger Bike Rally, in aid of the Irish Youth Foundation, takes place on Thursday 12th June. 50 cyclists in Joycean garb will ride through the streets of Dublin on old messenger bikes retracing the steps of Leopold Bloom. The cyclists meet up with 300 other enthusiasts at the Mansion House for lunch, Joycean renditions and a charity auction. The funds raised help support projects working with vulnerable children and young people in Dublin.

Date: 12th June 2008. Time: 9.30am. Booking: Irish Youth Foundation, Tel: 01 858 4520 or visit www.iyf.ie


“JOYCE IN JUNE” by Stewart Parker - Performed by Rough Magic Theatre Company
Rough Magic, one of Ireland's leading independent theatre companies, presents a reading of "Joyce in June" by Stewart Parker, a fantasy in two parts.

The first depicts incidents in Joyce’s life, principally the burgeoning love affair with Nora Barnacle; the second is an imagined postscript to Ulysses, in which Molly Bloom and Blazes Boylan embark on a concert tour to Belfast. Using myth and a work of art - in this case Don Giovanni which provides some of the material for the concert - to frame the narrative, Stewart Parker counterpoints the real with the fictional in a homage to the master. The moment which links the two parts is the instant in which Joyce was photographed by Constantine Curran in 1904.
The reading will feature Rough Magic's ensemble cast currently performing in a double bill of Stewart Parker plays ("Spokesong" and "Pentecost"). This is a rare opportunity to see this work performed live.
Date: 12th June, 2008. Time: 4.00pm. Venue: The Empty Space, Wood Quay, Temple Bar. Tickets: Free. Booking: Required. Contact James Joyce Centre: 01 8788547. Running time: 70 minutes

A TRIBUTE TO JOYCE BY SPANISH & IRISH WRITERS:
A Bloomsday Roundtable, Presented by the Instituto Cervantes de Dublin
Through his literary works, James Joyce entered the Spanish consciousness, forging a secret connection between Spain and Ireland. His writing left a lasting impression on the hearts and minds of many creators. For Bloomsday 2008 renown writers Jordi Soler, Edwardo Lago and Antonio Soler will join Ciaran Cosgrove, Senior Lecturer and Head of the Hispanic Studies Department, Trinity College Dublin and David Butler, Lecturer in Hispanic Studies, Carlow College to explore these indelible traces through a roundtable discussion on Joyce’s work and his reception with the Hispanic world.
The Lincoln Inn, famed for its Joycean connection to Finns Hotel where a young Nora Barnacle worked as a chambermaid, will host all participants and audience members of the Bloomsday Roundtable, to a drinks reception following the event! The Lincoln Inn is located at 18/19 Lincoln Place across the road from the Cervantes Institute.
Date: 13th June 2008. Time: 3.30pm. Venue: Instituto Cervantes de Dublín, Lincoln House, Lincoln Place, Dublin 2. Tickets: Free event. Booking: None required; limited seating

JOYCEAN MUSIC: Song in the literary work of James Joyce
An evening of song presented by four prominent Hungarian artists. This English language programme was recently presented in Budapest at the National Literature Museum Petofi to great fanfare. Professor Ferenc Takács, chair of the Hungarian Joyce Society, is joined by opera singers Balazs Fellegi and Susan Fulop, and pianst Zoltán Neumark in a glorious musical programme including traditional Irish ballads, music hall songs, and arias from some of the best loved Italian operas.
Date: 14th June, 2008. Time: 8.00pm. Venue: James Joyce Centre, 35 North Great George’s Street, Dublin 1. Tickets: Euro 10 / 8 conc. Booking: Required. Contact James Joyce Centre: 01 878 8547
Running time: 90 minutes

DENNY BLOOMSDAY BREAKFAST
Straight from the pages of Ulysses, the most historic breakfast in Dublin is being served at the James Joyce Centre... for 3 days! Come celebrate Leopold Bloom’s morning feast featuring a full Irish breakfast complete with Denny Gold Medal sausages and rashers as well as a glass of Guinness! As breakfast is being served actor will delight one and all with readings and song.
Date: 14, 15,16th June 2008. Time: 9.30am & 11.00am sittings (14th/15th June); 8.00am, 9.30am & 11.00am sittings (16th June). Venue: James Joyce Centre, 35 North Great George’s Street
Tickets: €26.00. Booking: Required. Contact James Joyce Centre: 01 8788547

MARKS & SPENCER BLOOMSDAY TEA
Enjoy a gorgeous afternoon tea of finger sandwiches and scones as songs of Joyce’s bygone era fill the air. "Love’s Old Sweet Song" and "The Lass of Aughrim" are just the beginning of a musical odyssey destined to delight one and all.
Date: 14,15,16th June 2008. Time: 2.00pm & 4.00pm. Venue: James Joyce Centre, 35 North Great George’s Street, Dublin 1. Tickets: €18. Booking: Required. Contact James Joyce Centre: 01 878 8547

HIMSELF AND NORA – A Musical Reading
The critically acclaimed new musical, Himself & Nora, is the love story of James Joyce and Nora Barnacle, a chambermaid from Galway, who remained his rock, teacher, and portable Ireland throughout their lives in exile. After a sold out presentation of highlights from the show last year at the Joyce Centre in Dublin, composer Jonathan Brielle will now present a reading of the entire musical with some of Broadway’s leading actors including Matt Bogart (star of Aida, Miss Saigon, Smokey Joe’s Café) as Joyce, Kaitlin Hopkins (Anything Goes, Noises Off) as Nora, and Jim Price (The Civil War) as Joyce’s father.
Upon it’s premiere at San Diego’s Old Globe, America’s Variety said, “Joyce was hell-raising, hard-drinking, sexually uninhibited wild man, and Matt Bogart layers these elements with devil-may-care charisma.”
Date: 15,16,17 June, 2008. Time: 8.00pm nightly; matinee 3.00pm on 15 June 2008. Venue: Mill Theatre Dundrum. Tickets: €20/€18 conc. Booking: Required. Contact the Mill Theatre Dundrum: 01 2969340 or
online at
www.milltheatre.com  Running time: 2 hours

BLOOMSDAY READINGS  -  NEW LOCATION!
In partnership with Temple Bar Cultural Trust
The Joyce Centre is pleased to continue its long tradition of dramatic readings by local celebrities, esteemed politicians and international diplomats. Join us at Meeting House Square in Temple Bar to watch and hear the characters and story of Ulysses come alive. Stay for a moment or an hour. Just enjoy the music of Joyce’s language. Seating is available.
Date: 16th June 2008. Time: 11am – 2.00pm. Venue: Meeting House Square, Temple Bar. Tickets: Free event. Booking: None required

Rejoice’n Art!
The Basin Club is a community resource centre for people with mental health difficulties. It is part of Schizophrenia Ireland--The Lucia Foundation, which is named for James Joyce’s Daughter, Lucia, who suffered from schizophrenia. The members of The Basin Club’s art group have created twenty works of art in various styles and media. Works of art are available for purchase from the exhibition.
Date: 16th – 20th June, 2008. Time: 10.00am – 5.00pm. Venue: The Basin Club, 39 Blessington Street, Dublin 7. Tickets: Free Event. Booking: None Required.

DO YOU HEAR WHAT I'M SEEING? A Performance by Senator David Norris
Senator David Norris is one of most significant figures in Irish political and cultural life today. Among his many talents is his mastery of James Joyce's works. In his performance of Do You Hear What I'm Seeing? Senator Norris takes the audience through Joyce's works from the early short stories through to the linguistic mosaic of Finnegans Wake. His own theatrical brilliance brings Joyce's language alive in a way that evokes the writer's humour and humanity. "An exhilarating celebration of the life and works of James Joyce. David Norris is superb." --The Irish Times
Date: 16th June 2008. Time: 1.00pm. Venue: Pavilion Theatre Dun Laoghaire. Tickets: €10 / €8 conc. Contact the Pavilion Theatre: 01 2312929 or online at www.paviliontheatre.ie  Running Time: 50 minutes

Booking Required.

JAMES JOYCE MUSEUM, Joyce Tower, Sandycove
On Bloomsday, The Joyce Tower in Sandycove, where Ulysses opens, will be open from 8.00am to 6.00pm for readings and commemorations. Barry McGovern will this year read the first half of the ‘Circe’ episode. Visitors are invited to contribute to the celebrations and to take inspiration from the museum’s wonderful collection of original Joycean material.
Date: 16th June, 2008. Time: 8.00am – 6.00pm. Venue: Joyce Tower, Sandycove, Co. Dublin. Tickets: Adults: €7.25 / €6.10 conc.; Children: €4.55; Family: €21.

Booking: None Required. For more information visit www.visitdublin.com


JOYCE CENTRE GUIDED WALKING TOURS

As always, the Joyce Centre will be offering a selection of exciting and informative walking tours.

DUBLINERS - Start: James Joyce Centre, 35 North Great George's Street. Duration: ca. 90 minutes. Finish: Duke Street
Join our guide on a ramble through the city of Joyce's most accessible work, Dubliners. Completed when its author was just 25 years old, Dubliners skilfully treats both turn-of-the-century Dublin and Joyce's surroundings in Continental Europe. Over the period of an hour and a half we will unpack Joyce's relationship with the city during his life here, the varied angles from which Joyce chose to remember Dublin and the ways in which Dublin has chosen to remember her famous son. Joyce's Dublin was one of politics and intrigue, of religious devotion and disaffection; a city in which the pressures and ties of family and society were never far from mind. The tour will visit Joyce's alma mater, Belvedere College; The Gresham Hotel, setting for the climactic scene in “The Dead”; the site of Nelson's Column and sites of importance to each of the stories in Joyce's first major work.

Date: 9-13 June, 2008. Time: 11.00am (9th & 12th); 2.00pm (11th); 4.00pm (10th & 13th). Venue: James Joyce Centre, 35 North Great George’s Street. Tickets: €10 / €8conc.
Booking: Required. Contact James Joyce Centre: 01 8788547

IN THE FOOTSTEPS OF LEOPOLD BLOOM
Start: James Joyce Centre, 35 North Great George's Street. Duration: ca. 90 minutes. Finish: National Museum, Kildare Street
This tour explores the background to Joyce’s Ulysses and to Bloom’s thoughts as he crosses the city in search of something to eat in the ‘Lestrygonians’ episode. The episode humorously contrasts the well-fed and the under-fed, and the city architecture noticed by Bloom reinforces these contrasts. The presence of police constables reminds us of the realities of Dublin as a colonial city and the central issue of food in social, cultural and political life in 1904.
Date: 9-13 June, 2008. Time: 11.00am (10th & 13th); 2.00pm (9th & 12th); 4.00pm (11th). Venue: James Joyce Centre, 35 North Great George’s Street. Tickets: €10 / €8conc.
Booking: Required. Contact James Joyce Centre: 01 8788547

A JOYCE CIRCULAR
Start: James Joyce Centre, 35 North Great George's Street. Duration: ca. 90 minutes. Finish: James Joyce Centre
On our andante dander around the Hibernian metropolis we take in Earl Street and the prick with the stick; the house where Oliver “Buck Mulligan” Gogarty was born; the setting of the Dubliners story The Boarding House; the house in which Sean O’ Casey was born; 7 Eccles Street, home of the Blooms; and Belvedere College, which Joyce attended in the 1890s.

Date: 9-13 June, 2008. Time: 11.00am (11th); 2.00pm (10th & 13th); 4.00pm (9th & 12th). Venue: James Joyce Centre, 35 North Great George’s Street. Tickets: €10 / €8conc.
Booking: Required. Contact James Joyce Centre: 01 8788547

BLOOMSDAY WALK
Start: James Joyce Centre, 35 North Great George’s Street. Duration: 60 minutes. Finish:
A special walk incorporating the best of Joyce’s Dublin.
Date: 14-16 June, 2008. Time: 11.00am; 12:00 noon; 2.00pm; 3.00pm; 4.00pm. Venue: James Joyce Centre, 35 North Great George’s Street. Tickets: €8
Booking: Required. Contact James Joyce Centre: 01 878 8547. See the 'Walking Tours' section of our website for additional details!

***For Ticket Info Call 353 1878 8547***.  For more information to make your visit to Dublin and Ireland fun filled, visit Dublin Tourism http://www.visitdublin.com and Failte Ireland http://www.discoverireland.ie

 

 

Home

 

 

30.06.08